Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

 Atrativos Turísticos / Publicado há 1 semana

PROJETO PARQUE ARQUEOLOGICO E AMBIENTAL SÃO JOÃO MARCOS

PROTOCOLO VISITA SEGURA

 Sobre o Parque

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos é um espaço educativo e cultural de propriedade da Light mantido com o patrocínio da empresa e da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

O Parque representa o esforço do Instituto Light, idealizador do projeto, em preservar e valorizar o patrimônio histórico e cultural da região do Vale do Paraíba Fluminense e reflete a missão da empresa de prover energia e serviços com qualidade e de forma sustentável, contribuindo para o bem-estar e o desenvolvimento da sociedade.

O Instituto Cultural Cidade Viva é o proponente projeto e o Gestor do Parque desde sua concepção em 2008.

O Parque e a pandemia do novo coronavírus (Covid-19)

Seguindo as determinações das autoridades governamentais do Estado do Rio de Janeiro e as orientações de especialistas em saúde pública no Brasil e da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos preparou seu protocolo de reabertura gradual do espaço para visitação presencial.

Neste momento, nossas prioridades são a saúde e a segurança dos colaboradores e visitantes, respeitando as normas estabelecidas para o combate à pandemia. Buscamos assim continuar a cumprir o nosso papel social, trabalhando incessantemente para que o Parque continue sendo um espaço de calma, refúgio, reflexão e conscientização para todos.

A saber:

  1. Foi realizado amplo estudo em diversos modelos de reabertura de museus, parques nacionais e equipamentos culturais no Brasil e no exterior;
  2. Foram levadas em consideração as principais exigências estabelecidas pela vigilância sanitária e pelo Ministério da Saúde;
  3. Foram levadas em consideração também as exigências divulgadas pelo Ministério do Turismo e pela Secretaria Especial de Cultura, assim como também as exigências divulgadas pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) do Rio de Janeiro.

Protocolo de reabertura gradual do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Preparamos um protocolo que, de forma gradual, visa a retomada das atividades do Parque. No momento, daremos início a Fase 1 de retomada da visitação presencial. Entendendo ainda não ser possível definir nem antecipar fases diante do quadro de indefinição da evolução da pandemia, a gestão do Parque decidiu por informar gradativamente as orientações para as fases subsequentes.

Vale lembrar que, desde a chegada da pandemia no Brasil, a equipe do Parque tem trabalhado na criação de novos produtos digitais culturais e educativos a fim de continuar a missão de salvaguardar a história e a memória da antiga cidade de São João Marcos, produzindo e compartilhando conhecimento sobre o tema.

Já foram atendidas 22 escolas, 1.225 alunos e professores com os produtos voltados para o Programa Educativo do Parque. Nas mídias sociais, os produtos digitais educativos e culturais disponibilizados somam, de maio a setembro, 489.890 impressões, 356.139 pessoas alcançadas e 60.861 envolvimentos.

Protocolo de visitação para fase 1

QUANDO E COMO O PARQUE RECEBERÁ VISITANTES

O início da Fase 1 ocorrerá assim que as autoridades do Governo do Estado autorizarem

  • A Fase 1 se estenderá por tempo indeterminado;
  • Os termos e condições para Fase 2 serão definidas posteriormente, de acordo com as orientações das autoridades sanitárias do Governo do Estado
  • Na Fase 1 as visitas ocorrerão inicialmente às sextas e sábados;
  • As visitações ocorrerão em dois turnos: manhã, das 9h às 11h30; tarde, das 14h às 16h30h;
  • Os visitantes deverão deixar o Parque nos horários-limite estabelecidos, a saber: 11h30, para os visitantes do turno da manhã e 16h30 para os visitantes do turno da tarde;
  • Todas as visitas, sem exceções, deverão ser pré-agendadas online;
  • Só será admitida a entrada de, no máximo, 20 visitantes por turno;
  • Na fase 1, os limites de ocupantes por veículo são:
  • Automóveis: 4 ocupantes; motocicletas: 2 ocupantes;
  • Bicicletas serão permitidas, sendo necessário agendamento e autorização individual para cada ciclista;
  • Vans e micro-ônibus estão proibidos na fase 1. O acesso de ônibus não é permitido no Parque;
  • Só será permitida a entrada dos veículos cujas placas correspondam aos agendamentos feitos previamente;
  • Só será permitia a entrada dos visitantes cujos nomes completos e números de identificação dos documentos correspondam exatamente às informações fornecidas no ato do agendamento;
  • Todos os visitantes passarão pela triagem a ser realizada no pórtico, com aferição da temperatura e deverão utilizar máscaras todo o tempo no qual permanecerem no Parque, além de observar todas as normas estabelecidas pela gestão do parque e apresentadas mais adiante neste protocolo;
  • Não será permitida a realização do trânsito entre o pórtico e a sede do Parque a pé.

COMO AGENDAR A VISITA AO PARQUE
Como fazer o cadastro e marcar o dia da visitação

  • O cadastro para solicitar visitação ao Parque será pelo site: www.saojoamarcos.com.br/visitasegura;
  • O cadastro deverá ser realizado até 7 dias antes do dia da visita desejado e NÃO garante que sua solicitação será atendida;
  • Cada solicitante poderá requisitar visitação para no máximo 4 pessoas;
  • A equipe do Parque entrará em contato com o responsável pela solicitação para autorizar e orientar a visitação;
  • No cadastro serão solicitadas as seguintes informações:

– Nome completo do solicitante

– Número do telefone do solicitante

– Número de visitantes

– Nome(s) completo(s) do(s) outro(s) visitante(s)

– Tipo de documento de identidade e nº do mesmo para cada um dos visitantes

– Município (bairro) de origem do solicitante

– Tipo de veículo

– Placa do veículo

– Data desejada da visita

– Turno de visitação desejado: manhã (das 9h às 11h30) ou tarde (das 14h às 16h30)

  • Só serão admitidos 20 visitantes por turno. Em caso de busca superior a esse número limite para certa data, será observada a ordem cronológica das solicitações.

ORIENTAÇÃO ESSENCIAIS AOS USUÁRIOS
Quanto à convivência na sede do Parque

  • Todos devem usar suas máscaras enquanto estiverem nas dependências do Parque, incluindo as áreas internas e externas;
  • Respeitar as áreas sinalizadas como fechadas ao público;
  • Nas filas para o Centro de Memória e sanitários os visitantes deverão guardar distanciamento de, no mínimo 2 metros, conforme demarcação nas áreas designadas;
  • Mesmo nas áreas abertas, como no circuito arqueológico, solicita-se guardar distanciamento de, pelo menos, 2 metros da pessoa mais próxima. Evite aglomeração em torno das ruínas;
  • Recomenda-se a frequente higienização das mãos, que pode ser feita:

– Em nossos sanitários com sabão e água, observando as orientações afixadas nos banheiros

–  Ou com álcool gel. O Parque disponibiliza gratuitamente álcool nos totens de higienização

  • Na Fase 1 o Quiosque São João Marcos do Parque voltará a funcionar, mas com menu limitado;
  • Em caso de consumo de alimentos e bebidas, cada grupo – de no máximo quatro pessoas, deverá ocupar uma mesa disponível na área aberta do Parque;
  • Os pedidos serão feitos à mesa, não sendo permitida a ida de pessoas no balcão do quiosque em hipótese alguma;
  • Só serão permitidas até quatro pessoas no Centro de Memória por vez. Cada visitante poderá permanecer no máximo 20 minutos. Um colaborador do Parque orientará o fluxo de visitantes;
  • Só será permitida 1 pessoa em nossos banheiros por vez;
  • Os sanitários serão higienizados a cada 40 minutos e durante este período ficarão interditados;
  • Todos os visitantes deverão se dirigir aos seus respectivos veículos para retornar ao pórtico até às 11h30 (visitantes no turno da manhã) ou até às 16h30 (visitantes do turno da tarde).

Providências tomadas para a implementação do protocolo de reabertura do Parque

  • INFORMAÇÃO

Para garantir a saúde de todos, e uma visita segura e responsável ao Parque, criamos uma página especifica no site, chamada “Visita Segura” onde, além das informações sobre a visitação, o agendamento e o funcionamento do Parque, teremos também informações como a importância do distanciamento, a importância do uso de máscaras, como usar a máscara corretamente e como lavar as mãos corretamente.

Colocamos também um Banner no pórtico do Parque, informando que as visitas serão exclusivamente por agendamento no site. Sem agendamento prévio não será permitida a entrada no parque.

Preparamos um guia em formato PDF contendo todas as informações sobre a reabertura gradual do parque, o protocolo adotado e demais informações, para download no site, facilitando o compartilhamento e comunicação das medidas tomadas pelo projeto.

Além da página informativa no site, no banheiro será fixado um cartaz orientando sobre como lavar as mãos corretamente com água e sabão.

Em diversos pontos das dependências do Parque será fixado cartazes orientando sobre a importância do uso de máscaras e como usar a máscara corretamente.

Na TV do Quiosque será passado o dia inteiro um ppt instruindo sobre a higiene das mãos, o uso de máscara e o distanciamento, e a sua importância dentro e fora do Parque.

Todo esse material também será usado massivamente em nossas redes sociais para que a maior quantidade de pessoas possível receba estas informações, que não serão apenas sobre a reabertura gradual do Parque, mas também informação de suma importância para a prevenção do coronavírus.

Criamos um selo para as peças de comunicação chamado ” Nós queremos que você fique bem”.

  • CAPACITAÇÃO

Os funcionários, sobretudo os da cozinha e da limpeza, passaram por um treinamento sobre a limpeza adequada neste período de pandemia, conforme determinada pela vigilância sanitária e pelo ministério da saúde.

Os guias, mediadores e os produtores também foram treinados para orientar o público e garantir a obediência ao protocolo estabelecida para visita segura ao Parque.

  • HIGIENE

A higiene pessoal é fundamental para minimizar os riscos de contaminação ao novo coronavírus (Covid-19).

O Parque disponibilizará álcool em gel gratuitamente, para que todos os visitantes mantenham as mãos constantemente higienizadas.

Serão 3 totens espalhados em lugares estratégicos, como a chegada ao centro de visitação, na entrada do Centro de Memória e próximo as mesas do Quiosque.

Estamos utilizando também tapetes sanitizantes na entrada do banheiro, da cozinha e da copa, para higienização dos calçados antes de entrarem nestas dependências, pois são dependências de uso em comum, que deve ter atenção redobrada neste momento.

Trocamos as lixeiras, por lixeiras de pedal para evitar o contato das mãos no manuseio da tampa pelo público.

Fizemos também a manutenção dos aparelhos de ar condicionado para diminuir o risco à saúde dos frequentadores da reserva técnica e do Centro de Memória. Mesmo mantendo o ar desligado durante a visitação, esses aparelhos permitem a formação de colônias bacterianas e de fungos e são possíveis focos de contágio e contaminação. É fundamenta a manutenção, dentro dos moldes da vigilância sanitária, para diminuir esse risco nos ambientes com ar condicionado.

  • PROTEÇÃO

Equipamento de Proteção Individual (EPI) – em especial máscaras e luvas têm se demonstrado necessárias para diminuir riscos de exposição ao vírus. Pensando nisso, será disponibilizado aos funcionários e colaboradores do Parque os seguintes equipamentos de proteção:

– Máscaras de tecido individual para todos os funcionários e colaboradores.

– Faceshield para os funcionários e colaboradores com atendimento direto ao público.

– Luvas descartáveis para os funcionários da cozinha e da limpeza.

  • DISTANCIAMENTO

Usaremos organizadores de fila para limitar e organizar o acesso aos setores do Parque.

Além dos organizadores, colocaremos sinalização no chão, demarcando o distanciamento necessário para acessar as dependências do Parque, como banheiro, Quiosque e Centro de Memória.

Será fixado no Quiosque uma divisória em acrílico para impedir o contato direto dos funcionários com os visitantes do Parque e proteger os itens do à venda.

 

OBS: O Selo que estamos solicitando é para o Parque e não para o ICCV (Instituto Cultural Cidade Viva)

  • Listing ID: 16429
  • Autodeclaração: Assumo o compromisso de aplicar em minhas rotinas, todas as recomendações e protocolos pertinentes à minha atividade, contidos nos mandamentos e seus anexos do SELO RIO DE JANEIRO TURISMO CONSCIENTE!
  • CNPJ: 02.403.554/0001-02
  • Razão Social: Instituto Cultural Cidade Viva
Detalhes do Contato

ICCV - Rua São Bento 9 - 1º andar Parque - Estrada RJ-149 (Rio Claro-Mangaratiba) Km 20 – Rio Claro/RJRio Claro,ICCV - 20090-010 / Parque - 27460-000 Mostrar número de Telefone ***** https://saojoaomarcos.com.br/

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese